quinta-feira, 22 de setembro de 2011

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

A capacidade...


"Deus não fez tudo num só dia; o que me faz pensar que eu possa?'
( William Shakespeare )

Como utilizar o Prezi

Vídeos de Nylan de como utilizar a ferramenta.

video


video

PREZI

O Prezi é a mais nova ferramenta de apresentação.Utilizada por vários profissionais como, professores e designers, têm a principal função interagir com o público. Desde o design da ferramenta até em sua forma de apresentação, o Prezzi é mais do um auxiliar, se bem utilizado, pode "salvar" sua apresentação.

video





Nos utilizaremos desta ferramenta na apresentação final do Curso de Interiores na Faculdade de Administração e Artes de Limeira(FAAL).A intenção é justamente nos aproveitarmos dessa contemporaneidade da ferramenta para interagir de forma mais dinâmica com a banca.


O Prezzi é uma ferramenta formidável.Na minha concepção de apresentação, acredito que este modelo me beneficiará bastante, porém, recomendo aos que não se acostumarem com Prezzi que continuem usando o bom e velho Power Point, afinal, para mim, é muito mais importante se sentir seguro para poder transmitir essa segurança a seus clientes!!!





BOA SORTE PARA QUEM SE ARRISCAR!!!


Desejo uma ótima apresentação a todos, independente da ferramenta escolhida!!!

domingo, 4 de setembro de 2011

Mais fácil ou mais cômodo?




Seria mais fácil fazer como todo mundo faz
o caminho mais curto, produto que rende mais
seria mais fácil fazer como todo mundo faz
um tiro certeiro, modelo que vende mais

Mas nós dançamos no silêncio
choramos no carnaval
não vemos graça nas gracinhas da tv
morremos de rir no horário eleitoral

Seria mais fácil fazer como todo mundo faz
sem sair do sofá, deixar a ferrari pra trás
seria mais fácil, como todo mundo faz
o milésimo gol sentado na mesa de um bar

Mas nós vibramos em outra freqüência
sabemos que não é bem assim
se fosse fácil achar o caminho das pedras
tantas pedras no caminho não seria ruim


Outras Frequências
(Humberto Gessinger)





” Eu já não sou o que era; devo ser o que me tornei.”


” Elegância é quando o interior é tão belo quanto o
exterior.”


” Para ser insubstituível, você precisa ser diferente.”


” Quantos cuidados uma pessoa precisa quando decide não ser algo, mas sim, alguém!”


” O luxo não é o oposto da pobreza, mas da vulgaridade.”



Coco Channel

Projeto Corporativo FAAL - Prof. Renata


CONCEITO...


Nesse projeto de interior da loja Peugeot Marché, em Limeira - São Paulo, inspiradas pela marcante história da empresa, a idéia foi criar um ambiente para satisfazer clientes e funcionários a fim de proporcionar um clima agradável e receptivo. Como a Peugeot trata-se de uma marca fortemente solidificada e confiante, focalizamos nestes dois adjetivos da empresa e encontramos aquele que consideramos o conceito exato para o desenvolvimento do presente projeto: tradição. Como este é um conceito intangível, não há condições, por exemplo, de implementá-lo dando forma a um mobiliário.Assim, estudamos a possibilidade de implementá-lo,então, de forma substancial através de um espaço memorial que conta através de textos, fotos e vídeos, toda a trajetória da empresa francesa.


A partir da idéia de criar um ambiente que relate a solidificação da marca Peugeot no cenário mundial e a marcante presença da franquia francesa no Brasil, elaboramos a construção de um mezanino feito de estruturas metálicas. Este pavimento superior além de ser designado ao espaço memorial também servirá para que os clientes possam aguardar para serem atendidos ou por algum serviço que esteja sendo executado na oficina. Ainda neste pavimento, se encontrará a sala do departamento de executivo – onde o Presidente e/ou o gerente geral da Peugeot se instalam em visitas a concessionária. A baixo deste pavimento concentraremos em uma grande e arejada sala, as mesas de atendimento. O fato de concentrar este segmento em um só setor é importante para que haja maior integração entre vendedores e o setor de financiamentos. Em visita a loja, observamos que os vendedores têm necessidades de se comunicarem bem como com a parte de financiamentos e gerencia,acreditamos por tanto, que unindo-os em uma só sala, além de proporcionar mais praticidade aos funcionários, agilizaremos o processo de venda/financiamento diminuindo o tempo de espera do cliente e aumentando a possibilidade de novas vendas para os funcionários.
Ainda neste pavimento, localizado ao lado da sala de atendimento, está o espaço Kid´s.Esta é mais uma das preocupações que a Peugeot tem com seus clientes.O projeto adotado hoje pela Peugeot – Blue Box, destina um espaço reservado para que os clientes possam deixar seus filhos brincando.Isto não deixa de ser uma ótima estratégia de marketing da empresa uma vez que crianças são naturalmente imperativas e acabam não permitindo que seus pais analisem os veículos e de certa forma isto pode acarretar no fato do cliente não efetuar a compra do produto.A questão é que o presente espaço destinado a prática de entreter as crianças não atende a necessidade proposta e ainda oferece riscos aos usuários uma vez que a criança tem livre acesso a oficina bem como a demais espaços com circulação de veículos e ainda se encontra a um desnível de 20 cm de altura,proporcionando um sério risco de queda.A proposta do projeto para este espaço é deixar as crianças tão bem acomodada em instalações propicias a elas que os pais possam ter total tranqüilidade e tempo para analisem com calma e enfim efetuar a compra do veículo.Este espaço é cercado com uma única abertura e contém jogos e equipamentos eficazes para tarefa denominada.
Em nosso projeto constam também alterações quanto à disposição dos veículos semi-novos expostos na loja. Atualmente estes ocupam muito espaço e praticamente impedem a análise do mesmo bem como acesso ao balcão de peças e ao caixa. É possível ver nas imagens abaixa a solução encontrada pelo grupo e a resolução instantânea do problema. Além de sanar todos os itens já descritos, a nova disposição dos veículos também auxilia na solução de um dos problemas encontrados no interior da concessionária: disfarçar a escada de acesso a áreas restritas a funcionários. Como este ainda não foi totalmente eficaz na solução de tal problema, consta em nosso projeto um painel feito em tela de arquitetura que levará o logo da empresa. Optamos por esta material, pois além de contemporâneo é compatível com os produtos expostos na loja. Este cumprirá com o papel desejado, realçará o design inovador dos veículos e ainda, com a logomarca em grande tamanho servirá como um grande expositor da marca.
Porém, havia ainda o principal problema apontado pelos funcionários da loja e certificado pelo grupo no dia da visita ao local: falta de circulação de ar no interior do prédio.
Uma vez que a fachada é composta quase por completa de vidros, não sendo possível a instalação de outro tipo de material, o calor absorvido do sol cujos raios solares incidem durante praticamente todo o dia na fachada do imóvel, fez-se necessário um estudo sobre conforto térmico e deste retirada a solução para este problema.
Como vínhamos de um estudo sobre referências de arquitetos e havia em nosso grupo pessoas que estudavam sobre o arquiteto belgo Victor Horta que tem dentre suas principais obras a criação da clarabóia da Casa Tassel (1892-93), elaboramos a criação de uma clarabóia com brises fixos, a fim de continuar com o conceito, já adotado pela empresa, de máxima captação de luz solar e auxiliar a circulação de ar no interior do imóvel, adotando o sistema de ventilação cruzada




A loja Peugeot de Limeira necessita de um espaço onde possa recepcionar seus clientes com total conforto mantendo uma relação de amizade e confiabilidade com os mesmos. Em contrapartida, há a preocupação em “esconder” acessos restritos a funcionários além do objetivo principal que é sanar a falta de ventilação existente no local. Sendo necessário assim, um projeto que sigam as tendências atuais, mas que atenda as necessidades específicas do cliente.
Dentro deste contexto, através do levantamento arquitetônico realizado pelo grupo, estão previstos no projeto:
• Colocação de revestimento da fachada;
• Retirada do piso existe para efeito de projetos hidráulicos e elétricos;
• Colocação de um novo revestimento no piso – este mais contemporâneo;
• Instalação de estrutura metálica para a construção de um mezanino onde além de um espaço memorial haverá nichos de poltronas onde as pessoas poderão esperar para serem atendidos ou por algum serviço a ser efetuado na oficina Peugeot;
• Elaboração da escada e colocação de revestimento da mesma, que dará aceso ao mezanino;
• Abertura e colocação de clarabóia – esta que além de captar ainda mais entrada de luz para o espaço interno da loja, sanará o problema de ventilação, uma vez que contém brises fixos propositalmente planejados para atender tal necessidade;
• Fixação dos vidros da sala do executivo localizada no pavimento superior (mezanino);
• Fixação do parapeito do mezanino;
• Colocação do forro de gesso na sala de atendimento localizado a baixo do mezanino;
• Colocação de piso no espaço Kid´s;
• Reforma do café;
• Pintura;
• Colocação de mobiliário, luminárias e lâmpadas econômicas;
• Instalação das telas de arquitetura que cumprirão o papel de disfarçar o acesso restrito a funcionários bem como ser base para os painéis existentes no espaço memorial.

Ao iniciarmos nosso projeto, partimos para a resolução do nosso principal problema: falta de circulação de ar no interior da concessionária. Uma vez já definido que a clarabóia feita de vidros e brises fixos resolveria o problema citado, deu-se início a uma série de pesquisas referente à elaboração e colocação de tal material no interior do prédio. Definimos então a dimensão e posicionamento que esta deveria ocupar, ressalta-se neste ponto, ser de extrema importância tais estudos uma vez que mal posicionado ou então com dimensão errônea, não seria possível sanar o problema de circulação de ar e desta forma, não faria sentido algum o projeto como um todo.











DETALHES...

Segundo o gerente comercial da Peugeot Marché de Limeira, a empresa de tempos em tempos, prioriza seu foco de venda em algum produto específico, sendo este geralmente o último modelo lançado. Pensando nisso, surgiu a idéia de projetar um móvel cuja principal função é destacar um produto, no caso, um modelo de veículo, dos demais. O design curvo nos foi possível através da elaboração deste equipamento com o Corian.
Este material possibilita a criação de soluções inovadoras uma vez que pode adquirir, praticamente, qualquer forma, podendo ser curvada, como é no caso do projeto para a Peugeot, quando aquecida através de moldagem ou usinagem. Assim que esfria dentro do molde já está em seu formato final e pode ser desenformada.
Na parte interna do equipamento, através da tecnologia de reprodução de vídeos e imagens, serão obtidas informações quanto ao modelo como especificações e opcionais de série. Para o setor de merchandising da Peugeot, este será um ótimo aliado para fixar a imagem e rentabilidade do produto.
A dimensão do expositor é de 4,60X 4,29x 2,10m.



PROJETO MOBILIÁRIO...

No projeto como um todo, nos utilizamos de alguns mobiliários específicos e eficazes para cada atividade desenvolvida. É o caso, por exemplo, das mesas de atendimento ao cliente. Como é de nosso conhecimento existe toda uma regra sobre ergonomia mobiliária, pesquisamos e nos utilizamos de peças que se enquadrem neste contexto, sendo confortáveis e utilitárias. Evidentemente, assim como no exemplo mencionado, nos utilizamos de materiais contemporâneos, uma vez que o produto exposto na loja da marca Peugeot está totalmente relacionado a estes tipos de formas.
A minúcia descrição desses móveis pode ser obtida no item 6.4.9 Especificação de Materiais. Porém, em aulas específicas sobre ergonomia e mobiliário, tivemos de criar, individualmente, móveis que poderiam ou não, ser utilizado no projeto de interior da loja Peugeot. De qualquer forma, este móvel deveria obedecer à regra de ser criado a partir de um ou mais verbos. Dentre nós, utilizaram-se os verbos: informar, entreter, escrever, pintar e brincar.


A idéia não é despadronizar o conceito arquitetônico já existente ( Blue Box) mas sim aplicar na fachada elementos mais condizentes com a marca.















RENDERIZAÇÕES...

























Projeto Residencial-FAAL Prof. Clarissa


Ao desenvolver este projeto, nossa preocupação foi adequar o espaço as necessidades de Tiago bem como fazer com que este se torne cada vez mais o seu lar e não apenas sua moradia. O jovem, que mora sozinho e permanece na casa apenas durante a semana,busca conforto e praticidade para que ele possa além de residir, receber seus amigos para um happy hour. Com isso, nosso compromisso principal com o cliente é oferecer um espaço despojado com o máximo de conforto e sofisticação possível, adequando-nos as possibilidades financeiras do rapaz.
Encontramos neste projeto um dos pontos muito citados em aulas da disciplina de design de ambientes. Trata-se do desafio de criar soluções para os estreitos espaços que há nos apartamentos existentes no mercado atual. A área total do apartamento do nosso cliente é tecnicamente muito satisfatória inclusive por se tratar de uma pessoa que mora sozinha e recebe visitas esporadicamente, porém, com a divisão dos ambientes, principalmente pelo fato do apartamento ter quatro quartos sendo um suíte, os espaços tornam - se relativamente pequenos.
Como solicitação do cliente, nossa proposta não pode incluir mudanças na paginação de teto e piso bem como não é possível qualquer mudança estrutural, o que nos fez focar na elaboração de um projeto, de um modo geral, mobiliário. Ou seja, nossa meta é solucionar os problemas encontramos no interior do apartamento com móveis e afins.



Tiago Leme da Silva é um jovem de 32 anos, solteiro. Funcionário do Banco do Brasil há nove anos, gosta muito de seu trabalho, mas é na música que concentra toda sua energia. Vocalista da banda Pantro e do Vox Bar, sua preferência musical é o Rock e o Pop-Rock. Alguns de seus ídolos são Iron Maiden, Angra, Kiss, Bon Jovi, entre outros.
Nos últimos oito meses Tiago foi promovido e transferido para a cidade de Bauru – S.P.. Dividiu o aluguel de um apartamento com um colega de trabalho até então, mas decidiu ter seu próprio imóvel na cidade para proporcionar maior conforto a si mesmo e para seus familiares que o vista com certa freqüência.
Painel Semântico

O intuito da elaboração do painel semântico foi tentar transferir os pensamentos e sentimentos de Tiago para objetos e/ou cenas, os quais acreditamos que exemplificam a forma como vê e compreende o mundo.Não tivemos dificuldade alguma em montar o painel pois nosso cliente nos demonstrou claramente quais são seus gostos,o que lhe dá prazer e quais são seus pensamentos. Por isto, acreditamos que este mostre com precisão quem é Tiago Leme.




Conceito

Em entrevista com o cliente, quando lhe foi questionado se havia alguma exigência por parte dele para o projeto, Tiago respondeu: “... Gostaria de ambientes onde eu me encontrasse algo marcante, onde inclusive outras pessoas batessem o olho e já soubessem de cara que esta é minha casa.” Foi a partir de então, que decidimos que nosso conceito seria o Eu.
Em pesquisas, Roy Ascott contesta a existência do “múltiplo- eu”.Segundo ele, cada indivíduo exerce uma postura conforme atividade executada, assim, a pessoa comporta-se de maneiras diferentes quando está no ambiente de trabalho ou em seu momento de lazer.


Através do briefing, perguntamos ao Tiago quais eram as cores que agradavam a ele na composição de ambientes. Ele nos respondeu que gosta de todas, mas que preferia as mais discretas. Portanto, compusemos ambientes em tons neutros, nos utilizando apenas de cores mais vibrantes nos quadros decorativos e na parede de matiz vermelha já existente. A regra de harmonia utilizada foi a de dois pares complementares.
















Através dos estudos realizados a partir da planta baixa, da visita e das imagens do local e de relatos do cliente, observamos que havia alguns problemas a serem resolvidos. Seriam estes: o layout da sala de T.V., uma vez que esta teria que ser divida entre a sala propriamente dita e um espaço para refeições devido ao fato de não haver nenhuma possibilidade de colocarmos uma mesa na cozinha, e a criação de um ambiente onde nosso cliente poderia conciliar seus estudos com seus hobbies.
Desde o início do projeto, nossa preocupação constituía-se no fato de trabalharmos com espaços estreitos, sem poder fazer alterações na paginação de teto e piso e na estrutura do apartamento, mas mesmo assim, oferecer ao cliente, ambientes amplos afim de que ele possa receber seus amigos de uma forma confortável,despojada e prática , uma vez que esta é uma solicitação do cliente.
Nosso desafio se iniciou quando observamos que não havia espaço para uma mesa na cozinha fazendo com que tivéssemos que dividir o ambiente destinado a sala de T.V, que por sua vez é a única entrada do apartamento e o local onde o cliente receberá seus amigos, com um espaço para as refeições. Foi então que nos surgiu à idéia de nos utilizarmos do sofá, para dividirmos, esteticamente, estes espaços. De um lado, então, teríamos um conjunto de jantar, e do outro, uma sala para recepção e T.V.




O escritório por sua vez, é relativamente amplo, pois o cliente não necessita de armários por não ter muitos objetos a serem guardados uma vez que já se utiliza dos armários do dormitório. Neste caso, como o cliente é extremamente ligado a família e prefere deixar os outros quartos livres para poder acomodar os parentes quando o vierem visitar, a idéia é reunir, no escritório, todos os objetos que lhe dão prazer e que os fazem relaxar. São a coleção de miniaturas de carros e a paixão pelos seus instrumentos musicais. Isto tornaria o escritório um lugar de refúgio e os demais espaços funcionais.




Quando iniciamos a construção das maquetes física e eletrônica, observamos que a idéia sugeria para a sala de T.V. poderia ser aperfeiçoada para um melhor aproveitamento do espaço.


O fato é que nossa idéia até então proposta, não era a mais conveniente para o ambiente, pois este se tornaria ainda mais estreito dando uma sensação de sufoco. Então, nos veio em mente à idéia de ao invés de “cortarmos” a sala com o sofá, posicioná-lo de outra forma para termos um melhor aproveitamento do espaço. Com isso, nos veio à mente também substituir a clássica mesa de jantar por um bistrô, tornando o espaço amplo, moderno e principalmente, jovem e casual, o que remete muito ao perfil do nosso cliente. As demais propostas não sofreram qualquer alteração.



Layout

Perspectiva Eletrônica





Maquete Física do Escritório